Arquivo da tag: tumblr

Gente diferenciada

Gente diferenciadaEmbora as redes sociais tenham sido planejadas como um ambiente acima de gênero e outras especificações, a evolução das estratégias mercadológicas ampliou as possibilidade do negócio e promoveu uma segmentação. Continuar lendo

Anúncios
Etiquetado , , , , , ,

Seu perfil foi trackeado!

Por meio do processo que reconhece os pontos da tela onde o olhar se fixa por mais tempo, confirmou-se a relevância das imagens para atrair o olhar em um perfil.

Calma, pode não ser tão ruim quanto parece. Ferramentas de eye tracking, que analisam o movimento dos usuários na tela do computador e são usadas há muitos anos para entender como os usuários interagem com websites, produtos e sistemas, agora são aplicadas às redes sociais. Recentemente, a sofisticação e acessibilidade a essa tecnologia criaram uma grande demanda de interesse nos setores comerciais e empresariais, tendo como foco aplicações comuns incluindo usabilidade na web, publicidade, design, etc.. O site americano Mashable, maior agência independente de notícias dedicada à cobertura da cultura digital, mídias sociais e tecnologia, utilizou a ferramenta EyeTrackShop em páginas de redes sociais populares. Continuar lendo

Etiquetado , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Klout e termômetros de “influência”

Vc quer mesmo saber seu índice?

O site americano Klout, que mede – por meio de uma escala de zero a cem – o nível de influência de pessoas, organizações e marcas nas redes sociais já é visto até em currículos de profissionais em busca de emprego. O Klout leva em conta mais de 30 variáveis para calcular o índice, a exemplo do número de pessoas que curtiram as publicações da pessoa no Facebook e a quantidade de retuítes que seus posts tiveram no Twitter. O site diz que faz esse cálculo para mais de 100 milhões de pessoas –  basta que alguém tenha uma conta ativa no Twitter para que apareça no Klout. Continuar lendo

Etiquetado , , , , , , , ,

Morte anunciada ou futuro próximo?

futuro_blog

O formato blog, antes considerado tão revolucionário quanto a invenção de Gutenberg, agora está relegado ao passado digital?

Os blogs eram considerados, há uma década, como uma das respostas ao futuro do jornalismo e da internet, mas essa situação mudou. Com o desenvolvimento das redes sociais e plataformas móveis, o foco dos internautas mudou. Entretanto, especialistas afirmam que, para determinados nichos temáticos, os blogs ainda têm sua utilidade. De um lado, argumentos como o apresentado na revista The Economist, que apontou a existência de centenas de milhares de blogs sem atualização nos últimos 12 meses. Além disso, eles disputam espaço com ferramentas como o Tumblr, que aumentam a facilidade de uso e estimulam posts rápidos – apenas uma foto ou vídeo. Mas, por outro lado, os blogs oferecem a possibilidade de textos mais detalhados e que permitem comentários de qualquer usuário, e não apenas dos amigos do autor no Facebook, por exemplo. Empresas encaram os blogs como uma forma de se aproximar dos consumidores, e ferramentas como o lifestreaming, que concentra todo o fluxo de conteúdo produzido por uma pessoa em um único lugar – posts em blogs, atualizações em redes sociais, publicação de fotos, podem dar novo fôlego a esse tipo de mídia.

Nesta entrevista, o jornalista e blogueiro-referência Ricardo Noblat diz que aposta na convivência entre os diversos espaços disponíveis para a informação.

Etiquetado , , , , , , , , , ,
%d blogueiros gostam disto: